bandeau

 

vitrail de la guerre de vendée, église de la Salle de Vihiers

 

 

oiseau, la becquée

 

O universo dos vivos transborda de promessas,
Ele se nutre de ardor, de impeto e juventude.
Será que ele não é um jardim, para semear là o DIA!

 

 

 

S. Cécile Allard

 

 

 

semeadores de amor

 

Na noite dos canhões, o sofrimento estoura,
O Vendéen,(1) em pé, geme na dor.
Quem pode se dedicar, construir este cantinho da França,
Oferecer ao necessitado o pão gostoso e a flor ?

 

Jean-Maurice Catroux vai semear a esperança;
 No coração de Deus, ele busca seu ardor
 Rose planta seu grão de paz, de liberdade;
 Eles ceifam os frutos de eterno valor.


 

Hoje, o ferido é toda  pessoa em aflição,
Em busca de sustento, de escuta e ternura,
Que projeto bonito de vida, do que levar o Amor!


 

coucher de soleil à Pornichet

 

Semeadores de Esperança e de Amor